Another Soul @
this site the web

Seguidores

Verão, Saudade, Não sei...


Passeio a mão pela água da piscina, mas sinto-a a limpar as tuas lágrimas azuis,
O reflexo distorcido pelas ondas que nela vejo não é meu, mas teu...
E a brisa leve que sopra e me despenteia cheira-me ao teu cabelo.

Mergulho na fresca água marinha e sinto as tuas mãos em mim,
O sol ofusca-me, mas eu creio que o que vejo é o teu sorriso...
E a areia onde me deito é quente e cheira-me ao teu abraço.

E, quando a noite cai e me envolve,
quando o céu parece que por ti chora,
quando os pássaros, calados, se recolhem,
apercebo-me de que em mim estás presente não estando.

11 pessoas comentaram:

Dupé disse...

Bem, tantas ligações que aqui vejo..... Ai, tantas ligações que se podem transpor para a minha adolescência... Que eu hei de comentar de forma tão racional?

Tentando... Acho que estás muito cansado. A ida à praia fez-te muito bem, serviu para relaxares. A água transmite calmaria e para ti a calmaria da água não é excepção. Tu também devoras água, fazendo piscinas, indo à praia... Mas não consegues esquecer o que querias...E não consegues esquecer...

Girl in Motion disse...

ohh, lindo lindo lindo :3

a sério, acho que esse ambiente te inspira mesmo, e faz-te mesmo bem; até à tua forma de escrever faz bem. acho sobretudo o último parágrafo genial. um dia vais-me ensinar a escrever assim.

The RP disse...

como se precisasses, dear @

Mariana Francisco disse...

Como és sem duvida um dos blogues que mais aprecio, desculpa lá, mas tens um desafio no meu blogue :)

Lua Escondida* disse...

A ultima frase :')

Anónimo disse...

Preciso repetir-me e dizer que é lindo ler o que escreves?
T (L)

Ana disse...

Perfeito! *.*


Obrigada pela mensagem! ^^
Não respondi porque não tinha dinheiro.
Eu também espero que se concretizem os teus sonhos! :)

Maionese disse...

é bom ver alguém de 17 anos a escrever assim...

novos posts em

http://forcanamaionese.blogspot.com

Adriana A. disse...

Visito com todo o gosto, não era necessário existir uma proposta :)
Ainda bem que gostaste, também quero com ele desafiar as pessoas a sentirem o que eu sinto, e a tomarem um pouco de mim...

Também gostei muito desta reflexão :)

Um beijinho*

Sofia disse...

Como isso tudo me é familiar. E é irritante, profundamente irritante. Sentir sempre alguém que não está. Sempre, sempre...

joey disse...

adorei

Enviar um comentário

 

Welcome @

I welcome you to Another Soul (out in the open), a new project that has the purpose of showing a side of of me you didn't know. Another Soul @ has a new style, a new look - a whole new environment. Hope you like it!

Usage Policies